(19) 3234-0717 | 3235-2061 | 99361-5996

Twitter
Google+
Facebook

Eventos | 25/04/2016

Brasília sedia Encontro Internacional de Constelação Familiar neste sábado

A técnica auxilia a vencer as dificuldades nos relacionamentos diários %u2014 uma terapia que trabalha as relações de interdependência

Brasília sedia Encontro Internacional de Constelação Familiar neste sábado

O sofrimento de hoje pode ter explicação no passado. Traumas de infância, por exemplo, às vezes, têm relação com experiências de gerações anteriores. Para a constelação familiar, esses dilemas podem, porém, ser sanados no presente. A técnica auxilia a vencer as dificuldades nos relacionamentos diários — uma terapia que trabalha as relações de interdependência entre várias gerações familiares em busca de padrões de comportamento. Brasília sedia, até hoje, o Encontro Internacional de Constelação Familiar, com a presença do idealizador da filosofia, o missionário alemão Bert Hellinger.

O médico homeopata, ginecologista e obstetra Adailton Salvatore Meira veio de Campinas, em São Paulo, para vivenciar a experiência. Ele disse que sempre trabalhou a abordagem holística do ser humano, mas algo lhe faltava. “Eu não tinha a autorização para ser eu mesmo e, portanto, para ser feliz e ter sucesso. Fiz a primeira constelação seis anos atrás e consegui reconhecer o amor do meu pai. Conforme iniciei esse processo, a vida começou a pulsar dentro de mim e pude resgatar o meu verdadeiro eu”, contou.

A partir daí, o médico afirmou que introduziu a constelação familiar também no trabalho. “Hoje, eu faço medicina sistêmica e vim para o seminário para aprofundar os meus conhecimentos sobre a abordagem. Eu, como médico, tenho um papel muito importante de mostrar para as minhas pacientes que a doença existe para fazer a pessoa acordar. A abordagem é capaz de trazer alívio e permite que situações pessoais sejam resolvidas”, complementou.

Organizadora do Encontro e professora da Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília (UnB), Isabella Oliveira disse que o objetivo do evento, que começou na quinta-feira, é oferecer um espaço para o autoconhecimento e a transformação pessoal e social em larga escala. “Uma oportunidade única para conhecer como essa abordagem está transformando o Brasil e o mundo em diferentes áreas, a exemplo de saúde, educação e justiça.”

Abordagem

Foi com base na experiência com os zulus, povo da África do Sul, durante a década de 1970, que o missionário alemão Bert Hellinger percebeu que alguns padrões de comportamento humano se repetiam por várias gerações. Ele acabou por sintetizar o aprendizado e estabeleceu as regras para a constelação familiar. Bert constatou que havia regras, que, quando desrespeitadas, causavam uma quebra de harmonia familiar. Essas normas são denominadas ordens do amor.

Com poucas palavras e movimentos simples, a prática leva os participantes a experimentar a dissolução de padrões e estruturas enrijecidos, o sucesso e a paz na vida e na família. Fundadora da Escola Hellinger, Sophie Hellinger falou sobre a importância de introduzir essa abordagem no Brasil. “É preciso que a nação brasileira respeite os antepassados e a quem essa terra pertencia antes. A constelação familiar tem como um dos princípios a hierarquia das relações. Do mesmo modo, acontece com as famílias. É necessária a reconexão entre as crianças com os pais e os antepassados para que tudo esteja em ordem.”

Segundo Isabella, as pessoas que participam dos aprendizados entram em contato com a ciência desenvolvida pelo psicanalista. “O que Bert descobriu é que, para que os relacionamentos humanos possam prosperar, é necessário que se tenha uma ordem. A intenção é a de que a presença deles em Brasília seja uma oportunidade para que a semente se plante.”

Quem participa do encontro é o juiz da Bahia Sami Storch, pioneiro no uso das constelações familiares na Justiça brasileira com o método do direito sistêmico. “Das audiências que pelo menos uma das partes participou do processo de constelação, a taxa de conciliações chegou a 93%. Nos processos em que ambas as partes envolvidas na disputa participaram, houve 100% de acordo.”

Fonte: http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2016/04/23/interna_cidadesdf,528772/brasilia-sedia-encontro-internacional-de-constelacao-familiar-neste-sa.shtml


Dr. Adailton Salvatore

telefones:

(19) 3234-0717 | 3235-2061 | 99361-5996


email:

clinica@salvatoremeira.com.br

endereço:

Rua Elisiário Prado, 46 | Botafogo
Campinas-SP | CEP: 13020-140

» veja o mapa

Dr. Adailton Salvatore Meira - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por:

Web e Ponto - Soluções Digitais